Press

Instagram


Minha paleta de cores preferida

Heeey, pessoal! Tudo certo com vocês? No último post eu me abri um pouquinho e falei do meu déficit de auto estima. Nele contei como tenho me sentido nos últimos anos e o que tenho feito para tentar melhorar o meu amor próprio. Depois de começar a fazer a prática do auto elogio no espelho, também comecei a pesquisar um pouco sobre a psicologia das cores, tentando descobrir quais são as que eu curto mais e me sinto bem ao usar. 
Eu sempre tive um apego às paletas mais escuras, porque sempre fui da vibe mais rockerinha. No entanto, eu acho que isso tem me limitado um pouco, porque eu gosto de mais cores e quero testar para ver se me sinto confortável com elas.

Além das cores tenho levado em consideração alguns tipos de tecidos, formas, modelagens e o porquê de eu me sentir bem com isso ou aquilo. Bem, existe um profissional de moda que ajuda a definir a paleta de cores ideal para nós, que se trata da consultora de imagem. Ela faz uma análise de acordo com nossa pele, olhos, cabelo, de forma que fiquem em evidência nossos pontos fortes. But, como eu não tenho tantas condições para contratar uma consultora, tenho apenas avaliado as cores que me faz sentir bem, que curto tanto em peças de vestuário como também na decor. E acabei descobrindo que as cores que mais gosto de encaixam em uma paleta chamada Outono Profundo.



Ah claro, tem cores nessa paleta que eu nuca usaria, então resolvi destacar apenas as que têm sido minhas preferidas e também aproveitei para buscar o estás dizem sobre quem as usa.

De acordo com tudo que li, as cores mais escuras como o preto, cinza e taupe na personalidade se traduzem em competitividade, resiliência, exigência e ambição. Posso dizer que destas características a que mais se destaca em mim é a exigência, sou mega exigente com tudo e todos, às vezes até chata com isso.

Já os tons mais claros como o pêssego, off white e beige é a parte da paleta ligada mais a instabilidade emocional, uma vez que as cores remetem a desapego, insegurança e fragilidade. E realmente, tem períodos do mês que fico uma manteiga derretida.

Em relação as cores marsala e verde escuro, estas são cores terrenas, isto é, que brotam do chão e indicam que a pessoa que as usa é mais rústica, natural e prática. Em relação a mim vejo similaridade principalmente no que tange praticidade, não suporto enrolação e coisas que possam tomar demais o nosso tempo, sempre busco uma forma mais prática de fazer tudo. Hehe

Em resumo essas são minhas cores preferidas, mas lendo o post Colorimetria do blog Aceito Sim, vi que essas não são as ideais para meu tom de pele e cor de olhos. De acordo com o artigo, a paleta de cores que mais tem a ver comigo está entre a Primavera Suave e Verão Neutro. 

E você, sabe qual é a Paleta de Cores que mais combina com você? Me conta aí nos comentários! Até a próxima, Fran.

4 comentários:

  1. nossa, amei essa ideia de escolher uma paleta preferida! eu amei a sua, a maioria de tons mais neutros, suaves como eu prefiro com toques de cor mais forte e presente, super me identifiquei com suas escolhas

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Lívia! Fico super feliz! Mil beijos, Fran.

      Excluir
  2. Muito interessante esse post, Franci. Eu gosto de cores calmas e não tão chamativas. Acredito que tem a ver com a minha personalidade.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, as cores dizem muito sobre nossa personalidade. Obrigada, fico feliz que tenha gostado do post. :) Mil beijo, Fran.

      Excluir