24 coisas para fazer antes dos 25

Domingo que passou, dia 28 de agosto fiz 24 aninhos, como sempre fui muito na minha e nunca curti ser o centro das atenções por questões financeiras, eu resolvi não fazer definitivamente nada, nem um bolo, nem uma comemoração, nada. Mas me veio em mente o meu amor por listas! Afinal, eu faço lista de tarefas, de produtos de mercados, de trabalhos acumulados, lista de metas, de agradecimento e por aí vai. É muita lista, não é gente?! Mas é tão prazeroso, quando se conclui algo e risco algum item, chego até me arrepiar. Hehe

Ano passado, vi no blog Não Provoque da Paula, que nem é mais esse nome no blog, que todos os anos ela faz uma lista de coisas para fazer antes do próximo aniversário. E essa quantidade de coisas deve ser o número exato dos nossos anos. Achei interessante e resolvi aderir pra mim. Então confiram minha lista de 24 coisas para fazer antes dos 25:

1. Tirar o aparelho odontológico;
2. Concluir a faculdade;
3. Iniciar um cursinho de inglês;
4. Continuar com minha lojinha online;
5. Fazer alguma viagem para fora do estado;
6. Juntar uma grana;
7. Fazer um home office;
8. Ser menos ansiosa;
9. Praticar meditação ao menos uma vez por semana;
10. Tirar um tempinho para as amigas;
11. Manter o blog atualizado;
12. Melhorar a edição dos vídeos para o youtube;
13. Comprar um microfone para fazer vídeos;
14. Fazer um piquenique;
15. Fazer um ensaio fotográfico;
16. Dar entrada no meu carro;
17. Ir algum show;
18. Fazer aulas de canto;
19. Iniciar alguma parceria com o blog;
20. Fazer uma limpa no meu guarda-roupa e me desfazer de tudo que não tem a ver comigo;
21. Ler mais livros;
22. Trabalhar com o que eu amo;
23. Me dedicar mais a minha família e meu namorido;
24. Fazer uma festa nos meus 25.

Bem, a lista não é pequena não, mas vamos lá! A medida que for realizando algumas das coisas que aqui estão, vou riscando. Espero conseguir pelo menos metade da lista! Hehe
Digam nos comentários, o que vocês acham da ideia de anotar itens para se fazer antes de uma data limite! Grande beijo, Fran.

Se quiser me acompanhar nas redes sociais:

Snap: franciklein @blogdelirioscotidianos Youtube

Comer, Rezar, Amar

Já faz um tempo que resolvi assistir "Comer Rezar Amar". Antes de qualquer coisa, tenho que falar que esse filme mexeu comigo e, apesar de estar totalmente com tempo zero para viver, eu sempre necessito encontrar um tempinho para assistir a algum filme, ler algum livro ou assistir alguma série. Pois é, eu também gosto de ter 3% de qualidade de vida, não é? Acho que todos precisam de um momento para si, descansar e relaxar com algo.

Antes de qualquer coisa, é preciso entender do que se trata a história desse filme! Pois então, Elizabeth (Julia Roberts ).    
Com isso, parte para a Índia, Itália e Bali, no intuito de se reencontrar numa grande viagem de auto conhecimento. descobre que sempre teve problemas nos seus relacionamentos amorosos. Um belo dia, ela resolve largar tudo, marido, trabalho, amigos, decidida a ver novas experiências em lugares diferentes por um ano.

O filme se passa mais ou menos nessa linha de raciocínio (o que me agradou muito): uma mulher, casada. Cansou da rotina e daquelas mesmices. Se viu em um casamento infeliz e uma situação de vida onde não existia amor próprio. Muita gente não sabe, mas o auto conhecimento e o amor próprio fazem parte de quem você é. Te transforma, para melhor. Uma pessoa que não se aceita, será sempre insatisfeita com tudo e com todos. E é mais ou menos isso que Elizabeth sente na história.
Enfim, resolve entrar de cabeça em um novo relacionamento, Mas pera lá: não seria tão fácil, seria? Aquela versão de que "precisamos de muitos sapos para encontrar o príncipe"se encaixa bem neste perfil - apesar de que, de sapo, James Franco não tem nada - e isso torna a trama mais divertida.
large3
Quando enfim se vê "só", ela sabe que precisa se redescobrir e finalmente se realizar de ser quem ela é. Inconformada com o seu próprio desanimo para a vida, percebe que não é assim que as coisas devem ficar, Claro que, para isso, ela precisaria sair de onde sempre esteve e conhecer lugares novos - e que lugares! É então que se vê no seu primeiro destino: Itália. Essa é a parte do "Comer". Com todas as gostosuras da Itália, Elizabeth enfim começa a perceber coisas que deixou para trás. Novas amizades, novos pensamentos e novas palavras. 
large4
large5
Realizada de seus primeiro feitos, com a bagagem cheia de novos aprendizados e amigos inesquecíveis, parte para a Índia, a procura da paz interior e controle da mente. Antes, uma mulher frágil, indecisa e preocupada com o tempo. Elizabeth tinha a convicção de que não poderia ser feliz sozinha. Ela sempre se via na necessidade de ter alguém do seu lado (e não somos sempre assim?). A verdade foi bem diferente disso, e é claro, ela percebeu que não adianta ela querer ter alguém ao lado dela sem ano menos saber quem ela é. Só podemos amar aos outros, depois que amamos a nós mesmos.
large1
large2
Com a mente relaxada, aceitação pessoal e sem peso nas costas, é hora de partir para Bali, terceiro e último destino. Ela volta para encontro de um velhor amigo que a aconselhou no passado, e finalmente se encontra em casa. É claro que não darei muitos detalhes do filme (mais?) por que a graça disso tudo é a descoberta. Mas acredito ser um filme ótimo para todos assistirem, independente de gênero. Achei sincero, bonito e desse que temos lições para tirar. Eu sempre me sinto mais leve e feliz quando encontro filmes os quais me identifico, mesmo que minha história seja totalmente contrária a do personagem. Me identificar com alguém fictício só me prova o quanto somos capazes de novos feitos.
Espero que tenham gostado! E aí, já assistiram ao filme, ou leram o livro? Gostaram?Beijos, Fran.

Se quiser me acompanhar nas redes sociais:

Snap: franciklein @blogdelirioscotidianos Youtube

Inspirações de decor com Rose Quartz

Oi pessoal! Tudo certo com vocês? Espero que sim, aqui vai na corrida, mas até então estou imensamente animada com o andamento desse semestre. No post de hoje, resolvi falar sobre inspirações na decoração com o uso de peças e acessórios na cor Rosa Quartz. A Pantone divulgou recentemente, que essa cor vai continuar em alta no verão 2017 e como estou tentando organizar meu home office, agora que larguei o emprego para me dedicar exclusivamente ao trabalho em casa e aos meus projetos pessoais, preciso urgentemente de um canto só meu.

O bom é que no Pinterest, o que não falta é inspiração e confesso que estou apaixonada pelo Rose Quartz. Essa cor é super suave e delicada, linda para quem curte o minimalismo é que dar um toque especial com alguns detalhes na cor.


Apesar de ser uma cor suave, o Rose Quartz é bem marcante. Para quem não quiser deixar o ambiente muito feminino, a dica é não usa-la como cor principal no ambiente. Aposte em pequenos detalhes e objetos, alguns vasinhos com flores, moldura de espelho na cor, em utensílios de cozinha nem todos os pratos precisam ser necessariamente da mesma cor. :)






Eu particularmente não sou aloka do rosa, mas estou adorando essa cor em uma combinação mais minimalista. Acho que vou aderir ao meu home oficce através de uma vasinho para alguma suculenta, ou cactus. O que vocês acharam das inspiraçõs? Gostam dessa cor? 

Se quiser me acompanhar nas redes sociais:
Snap: franciklein @blogdelirioscotidianos Youtube