Resenha Filme: Everest

Oi gente! Tudo certo com vocês? Hoje eu vou falar sobre o filme "Evereste" que foi baseado em uma história real.

Sinopse: no ano de 1996, dois grupos de alpinistas liderados por Rob (Jason Clarke) e Scott (Jake Gyllenhaal) se unem na tentativa de escalar o monte Everest, mas uma grande nevasca coloca a vida de todos em risco. Com a esposa grávida (Keira Knightley), Rob é menos aventureiro que Scott, se preocupando com a segurança dos membros de sua equipe. Ele lutará bastante para proteger a todos. 

O filme se inicia com o grupo de Rob Hall fazendo os preparativos para embarcar nessa aventura a caminho do Acampamento Base do Everest. Quando chegam lá o que me marcou foi a pergunta que o Jornalista Jon Kraukauer, (o qual escreveu o livro No Ar Rarefeito que é sua versão sobre esse acontecimento), "Por que escalar o monte Evereste?", fiquei me perguntando isso também, a maioria pagar para arriscar sua vida e como era de se esperar todos os alpinistas lá presentes responderão "Porque ele está la'!". Pode até ser uma resposta evasiva, mas é justa. Como resumir em palavras o anseio instintivo que move as pessoas contra as maiores forças da natureza? Ceta coisas não se racionalizam, não é?!

O filme é baseado na catástrofe que ocorreu no Monte Everest, no Nepal, em 1996, quando dois grupos de alpinistas fizeram um excursão ao pico mais alto do mundo, com 8.848 metros de altitude. No dia 10 de maio de 1996 houve uma forte nevasca que fez com que algumas pessoas morressem na tentativa de alcançar o topo. Tendo em vista que a escalada é um dos desafios mais perigosos do mundo, essa é realizada em algumas semanas durante o ano, na chamada temporada de escalada. Independente disso quem sobe deve respeitar algumas regras e não demorar para voltar, mesmo que isso signifique não conseguir chegar ao topo.

No mais a tragédia é justificada por uma série de erros que teria causado o atraso para que os alpinistas daquele dia chegassem ao topo. E isso fez com que estes fossem surpreendidos por uma forte nevasca durante a descida, em meio a ventos de 130 km/h.

Como eu curto muito trilhas e sonho ainda em fazer a trilha só até o acampamento base do Everest, não almejo o topo. Haha Andei pesquisando mais coisas sobre a Cordilheira do Himalaia e achei o site Extremos que tem bastante coisa interessante, nele encontrei uma matéria sobre Os 10 mitos do Everest, nela inclui esclarecimentos sobre a taxa de escalada, dificuldade da trilha, sobre o rumores do Everest ser um deposito de lixo e essas coisa. Bem legal, que gosta de saber mais sobre outras regiões esse link e site são super interessantes.

Trailer:


Espero que tenham gostado! Beijones, Fran.

8 comentários:

  1. Parece ser ótimo, irei assistir!! Amei o post <3

    Um beijo,
    www.blogiranamaciel.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Irana!Fico feliz que tenha gostado. :)

      Excluir
  2. Arrasou na resenha! Eu tinha visto o trailer desse filme e fiquei curiosa pra assistir, mesmo não sendo o meu gênero preferido — ainda mais por se tratar de um fato real, o choro é certo e odeio chorar com filmes kkkkkk

    Com amor,
    Steph • http://naoeberlim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem duvida Steph! O choro é certo, porque acabamos nos dando conta do quanto somos frágeis diante de tudo.

      Excluir
  3. Nossa Fran, não.... caraca, correr risco assim!
    Nossa, me dá agonia só de pensar. Vi o trailler deste filme uma vez e foi o suficiente, fiquei desesperada!
    Só consigo pensar nas chances de dar alguma coisa errada e ficar lá pra morrer de frio, fome ou soterrada.
    Não faça isso, jamais! Não consigo deixar ninguém ir, nem quem eu conheço apenas pela internet! kkkk

    Beijos,
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha sai pra lá como todo esse negativismo Andréia! :P
      Pra mim ir vai demorar ainda, primeiro tenho que arrumar um bom emprego, me estabilizar financeiramente, comprar uma casa e depois eu saio viajando por ai, fazendo trilhas. Hehe

      Não precisa se preocupar. ;)

      Excluir
  4. Já tem um tempo que este filme está na minha lista!
    Vou aproveitar as férias para vê-lo =)
    Beijos,
    Julie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, vale a pena Julie! É um filme interessante, apesar de triste.

      Excluir