Pizza e a inflação

Olá gente bonita! Tudo certo com vocês? Bom, eu não queria necessariamente falar de Economia no blog, mas essa semana ouvi um cara falando sobre a inflação da pizza, fiquei meio chocada, por ele ser colunista de um jornal da região, o qual trata sobre temas de economia política e não entender nada de inflação. Logo, cá estou para mais um desabafo. Hehe

Para quem não sabe, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é o responsável pelo cálculo do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) e tem avisado a cada publicação da "inflação oficial" que: comer pizza está mais caro em 2015.

Se pararmos para analisar é óbvio que o preço do tomate acumula alta de 23% em janeiro e agosto de 2015; o da azeitona, mais de 14%; e o do queijo, 8%. Somente o trigo está dando um alivio aos bolsos do produtores e consumidores, já que seu preço chegou a cair 0,2% de acordo com o IBGE neste ano. No entanto, na somatória das variações é quase nada.

Bem, boa parte do produto consumido no Brasil é importado e, portanto pago em dólares. E como vocês devem estar acompanhando o dólar tá acima de R$ 4,00. Então, vocês devem tem percebido que para pedir uma pizza o preço está mais alto. Alias, comer fora de casa, de maneira geral, necessita de mais grana em mãos.

Retornando ao preço da pizza. É errado dizer: a inflação da pizza está uma loucura! Que está mais caro comer uma portuguesa na pizzaria, isso é vero. Mas, foram os preços dos ingredientes que subiram. Não existe a "inflação da pizza" ou de qualquer produto isoladamente.

Como falei no inicio, a inflação é sempre medida por um índice, neste caso o IPCA, que não representa elevação de preço de um bem ou serviço. A inflação é sempre uma variação média de vários preços, apontando em um determinado período as mudanças de preços de uma cesta de coisas consumidas. 

Como aponta o IBGE, todos os produtos pesquisados ficaram em média, mais de 7% mais caros no Brasil, isso entre janeiro e agosto de 2015. E em 12 meses, até agosto, o IPCA beira os 10%, com as precisões de especialistas para o fim do ano.

O que se pode dizer: é que a inflação está uma loucura! (sem querer tratar do passado)

E, nesse caso, a choradeira está liberada. :))

Beijones, Fran.

8 comentários:

  1. Tudo está mais caro né? Essa, infelizmente, é a verdade.. :(
    Beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Mariane! Mas não nos deixemos abater... ;)

      Excluir
  2. Franci, ótimo post, não acho nada careta falar de economia, mesmo não sendo a minha praia, gosto de estar sempre antenada, pois gosto de saber como usar o meu dinheiro com disciplina, mas nem sempre foi assim. Hoje, realmente a crise pegou e esta custando muito caro, acho difícil o preço de uma boa pizza abaixar, pois tudo acaba em pizza mesmo nesse país!

    http://www.graziivs.com/
    Instagram: @GraziiVS
    Twitter: @GraziiVS
    Snapchat: GraziiVS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sem duvida, seria importante as pessoas se informarem mais sobre Economia. Vejo todos os dias muitas pessoas de bem sendo enganadas pela mídia e é triste isso. Em relação a redução dos preços vai custar até baixar, talvez para o final do próximo ano.

      Excluir
  3. Opaa, gostei do tema que abordou =)
    Olha tá um loucura...tudo está subindo, é uma bola de neve =/
    Beijos;.
    Blog GuriasGata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, está um caos. Quero ver quanto tempo vai levar para o país se recuperar. :/

      Excluir
  4. Muito bom ver alguém tratando desse tema em um blog feminino.
    Esse postt chamou minha atenção de cara.
    As coisas estçao terriveis aqui no Brasil, sem dúvida um dos paises mais corruptos e ruins para viver do mundo ocidental.
    Resta saber até onde a população aguenta .
    Beijo linda, e parabéns pela iniciativa.

    http://impulsofeminino.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Thaís! Fico feliz que tenha gostado... Concordo que as coisas estão terríveis, mas a corrupção ainda é o de menos. Tem muita coisa dentro da lei que passa abatido e ão traz resultado positivo algum para o país. Isso sim me preocupa. :/

      Excluir