Esclarecendo tudo sobre Detox


A desintoxicação do nosso corpo é feito pelo fígado, um dos mais importantes órgãos. Não há duvida que o nosso organismo sozinho é capaz de eliminar todas as toxinas do nosso corpo. No entanto, quando consumimos alimentos gordurosos ou alimentos processados em excesso, ele meio que fica sobrecarregado e pode não dar conta do trabalho, então vale a pena dar uma forcinha a ele de vez em quando.

Não é por acaso que a maioria das pessoas se encontra com o organismo intoxicado e inflamado, o que acaba gerando aumento de peso com facilidade e dificuldade em responder às dietas para emagrecer. Para limpar o organismo e eliminar esses problemas a dieta detox tem sido uma alternativa, não sendo só uma dieta, mas também uma mudança no estilo de vida. E para mudar, as pessoas precisam ver que é viável, que não é algo ruim. Dá para preparar várias receitas ótimas que não fazem mal ao organismo”, afirma a nutricionista funcional Flávia Cyfer, da Nutrindo Ideias Consultoria.

Como funciona a dieta

As toxinas estão presentes nos alimentos, no ar poluído, nos medicamentos, álcool, corantes, aditivos químicos e até nos cosméticos, como cremes e perfumes. Elas se acumulam nos tecidos do corpo, nas células de gordura, e bloqueiam os sinais de saciedade. Além do ganho de peso e da dificuldade para perdê-lo, gera problemas de pele, inchaço, dor de cabeça, gases, intestino preso, memória ruim, e aumenta a probabilidade do surgimento de várias doenças. A nutricionista explica que o próprio organismo faz um processo de desintoxicação, mas a quantidade de toxinas a que uma pessoa está exposta é muito maior do que a capacidade física de eliminá-las. Por isso a importância de uma dieta que potencialize essa ação. “Durante a madrugada o organismo faz a desintoxicação. Mas, como é muita coisa, não consegue, e então retém líquido para tentar diluir todas as toxinas, o que faz com que muitas pessoas acordem inchadas e sem fome. E ao pular o café da manhã, acabam sentindo mais fome e comendo mais ao longo do dia, o que favorece o ganho de peso”, diz. “Quando a pessoa se desintoxica, ela acorda bem, com vontade de tomar um bom café da manhã, e come muito menos depois”.
Lista de alimentos
Alimentos proibidos: industrializados, farinha branca, açúcar, sal, café, carnes vermelhas, defumados, laticínios, embutidos, massas, bebidas alcoólicas e alimentos que contêm glútem. Também é recomendável não utilizar papel filme nem papel alumínio, descartar medicamentos que não sejam estritamente necessários, não fumar, evitar o uso do micro-ondas e de produtos de limpeza e cosméticos muito fortes.

Alimentos permitidos: frutas, legumes e verduras 100% orgânicos, grãos integrais, castanhas, sementes, leguminosas, ovos caipiras, azeite, óleos extra-virgens e chás. Além de beber muita água, sempre, e praticar exercícios físicos. “O ideal é fazer um período de desintoxicação entre sete e 10 dias. No início é natural que haja enjoo, acne, dermatite e dor de cabeça. Isso acontece porque há muitas toxinas saindo do corpo. Passada essa primeira fase, não é preciso ser tão radical, mas apenas manter a boa alimentação com moderação e equilíbrio”, afirma a nutricionista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário